O Estranho na Moda: a beleza está na singularidade

O Estranho na Moda

Tem novidade para os adeptos à discussão sobre os conceitos de estética e beleza.  A jornalista Silvana Holzmeister lançou esta semana o livro “O Estranho na Moda: a Imagem dos Anos 90“ em que discute as mudanças no conceito estético adotado pelo olhar fashion. A autora analisa como os padrões do belo e perfeito se relativizaram e passaram a chamar a atenção para a imperfeição como uma forma singular de manifestação da beleza, principalmente a partir da década de 90.

Na seleção de fotos do livro, editado pela Estação das Letras e Cores, imagens de Corinne Day, Michael Baumgarten, Sean Ellis, Andréa Giacobbe, Cristiano Madureira e Paschoal Rodrigues ilustram as páginas. O texto é extremamente rico e delineado não só pela experiência de Silvana que já passou pelas revistas L’Officiel e Vogue, mas também por sua trajetória acadêmica. A proposta é uma análise crítica e profunda sobre as figuras estéticas da “heroína chic“. As imagens cedidas pelos fotógrafos exemplificam com qualidade a discussão da autora na abordagem de temas como modelos-objetos, ciborgue, suicídio e femme fatale.